Páginas

16 de fevereiro de 2018

Como ganhar amostras grátis de O Boticário


Oi, pessoal. Tudo bem?

Ganhar gratuitamente seus produtos favoritos é maravilhoso, não é mesmo. E hoje quero compartilhar uma super dica com vocês de como ganhar amostras grátis de O Boticário.

Fonte: Luciana Carvalho

O Boticário está com uma promoção maravilhosa e vai presentear você com a nova Loção Hidratante Nativa Spa Ameixa Negra

"Somos seres à flor da pele. É nela em que pintamos a nossa história cheia de novas sensações. Acreditamos na pele relação, pele intenção, pele emoção, pele que vive intensamente. Nativa Spa te convida a sentir a vida de pele e alma. A fragrância mais amada de Nativa Spa agora em nova versão Ameixa Negra."

Fonte: Luciana Carvalho

Para ganhar é muito simples.

Basta acessar o site clicando aqui.

➧ Você deverá preencher os campos com seus dados (nome, CPF, e-mail, telefone etc).
➧ No campo adequado responda como sua amiga lhe inspira a botar a pele para viver (insira também nome e e-mail dela).
➧ Escolha a loja de O Boticário em que deseja receber o produto, bem como o período para retirada da sua amostra na loja.
➧ Quando tudo estiver preenchido, seu cupom será gerado, e pronto, você está apto a ganhar uma amostra grátis da nova linha de Nativa SPA. Agora, com o cupom em mãos, basta ir até a loja que você indicou no cadastro acompanhado de um documento de identificação com foto e CPF para receber seu produto.

Viu como é simples. E o próprio site já deixa tudo muito bem explicado.

Observação: Pelo fato de muita gente acessar o site - afinal quem não quer ganhar produtos de O Boticário - você terá um tempo estimado para liberação do seu acesso ao cadastro, assim como para finalizá-lo.


Espero que tenham gostado. Beijos!

10 de fevereiro de 2018

Como receber amostra grátis da Nestlé #1


Olá, pessoal. Tudo bem com vocês?

Espero que sim, porque sabemos que se quisermos nos manter firmes e fortes para executar as atividades diárias precisamos estar bem fisicamente e mentalmente e é por isso que hoje quero falar sobre algo que nos ajuda e muito.

Recentemente recebi da Nestlé duas amostras grátis de Fiber Mais, um mix de fibras sem açucares e zero calorias que ajuda o intestino a funcionar bem. 

Adeeeeus intestino preso.

Fonte: Luciana Carvalho

Benefícios do Fiber Mais da Nestlé:

➧ Estimula os movimentos intestinais;
➧ Auxilia na saúde da mucosa intestinal;
➧ Auxilia na regularização da atividade intestinal;
➧ Auxilia na manutenção e produção de bactérias boas no intestino;

Fonte: Luciana Carvalho

Um dos pontos positivos de Fiber Mais é que ele é sem sabor, sendo assim, pode ser adicionado ao alimento de sua preferência. 

Como tomei?

Adicionei o conteúdo do sachê em um copo de suco de acerola e mexi bem até a completa dissolução. Não mudou o sabor, e nem a textura - como podem observar na imagem abaixo.

Fonte: Luciana Carvalho

E o melhor é que você ainda pode solicitar a sua amostra grátis. 

Mas Luh, como  faço para ganhar também?

É muito fácil e simples. Siga os passos abaixos:

1. Acesse o site da Fiber Mais clicando aqui. (Se você já tem o cadastro no site da Nestlé basta fazer o login com e-mail e senha.  Caso não tenha, faça o cadastro com nome completo e e-mail).
2. Após, será direcionado para a página dos dados pessoais e endereço. Preencha os campos corretamente.
3. Em seguida, surgirá uma mensagem afirmando que seu pedido de amostra foi realizado com sucesso. 
4. Acesse o seu e-mail e siga as instruções. 

Pronto. Em breve você também receberá sua amostra grátis. O tempo de entrega varia de acordo com a região que você reside. O meu demorou cerca de 20 dias para chegar.

Lembrando que só é permitido solicitar 01 (uma) amostra grátis de Fiber Mais por CPF. Se já utilizou seu CPF para solicitar essa amostra, você não conseguirá realizar uma nova solicitação.


Terminou de ler o post? Então corra logo para garantir a sua amostra grátis Fiber Mais da Nestlé e ficar de bem com seu intestino.



Beijos!

5 de fevereiro de 2018

Como fazer o cabelo crescer mais rápido


Olá, meninas. Tudo bem? 

Geralmente, o nosso cabelo cresce 1 (um) centímetro por mês, mas existem algumas dicas e truques que ajudam a acelerar o crescimento. E hoje quero compartilhar uma dessas valiosas dicas que faz o cabelo crescer no mínimo 2 (dois) centímetros por mês - o que já é muito visto que tem muitas meninas que passam meses e o cabelo não cresce nada. Sei que ter o cabelo longo é o desejo de muitas de vocês, algumas porque cortaram as madeixas e se arrependeram, outras devido sofrerem por problemas de queda e/ou quebra ou o terrível corte químico e, também, aquelas que estão passando ou já passaram pela transição capilar. Enfim, essa dica serve para todas que sonham em ter o cabelo de rapunzel.

Tenho certeza que muitas de vocês já conhecem, mas para tantas outras isso ainda é novidade. E é por isso que resolvi falar a respeito do Cronograma Capilar (CC)Então continue lendo o post que você vai amar.
Fonte: Luciana Carvalho

O que é?

O CC é uma espécie de agenda com rotina de cuidados com o cabelo que visa repor os nutrientes que os fios perdem naturalmente no dia a dia. O cronograma inclui tratamentos de hidratação (para repor água, dar brilho e suavidade aos fios), nutrição (reparação de cabelos ressecados, secos ou danificados) e reconstrução (trata cabelos porosos, com pontas duplas, frizz e quebradiços). A ordem e frequência com que estes tratamentos serão feitos irá depender do estado de seu cabelo - lembrando que deve ter um intervalo de 48 horas entre cada etapa. 

Como fazer?

De acordo com esses cronogramas capilares você terá que lavar o cabelo 3 (três) vezes por semana. E em cada uma delas você deverá realizar uma das etapas do CC. 

Se você seguir o CC certinho, em pouco tempo seu cabelo estará brilhante e, o que é  mais importante, cheio de saúde.

E então, gostaram da dica? Vocês já fizeram o cronograma capilar? Funcionou? Me conte aqui nos comentários, irei adorar saber as experiências de vocês. E para quem ainda não conhecia, se testar e funcionar - que tenho certeza que sim - me conte também.


Beijos!
2 de fevereiro de 2018

10 looks mais luxuosos do Baile da Vogue 2018


Na noite dessa quinta-feira (01.02) ocorreu o tão aguardado Baile da Vogue edição 2018, realizado no Hotel Unique, em São Paulo, e por lá, diversas celebridades desfilaram com seus looks luxuosos.

Esse ano o Carnaval de gala trouxe o tema Divino Maravilhoso visando explorar o Brasil com suas diversas culturas e as famosas não economizaram no brilho, decote e transparência.

Venha conferir uma seleção com as produções que eu achei mais incríveis e que com certeza usaria (lembrando que não está por ordem de preferência).

Ana Hickmann

Bruna Marquezine

Flávia Alessandra

Giovanna Antonelli

Luma Costa

Marina Ruy Barbosa

Paula Fernandes

Sophia Abrahão

Thássia Naves

Ticiane Pinheiro

E então, gostaram? Vocês usariam? Tem mais algum look que vocês gostaram e não está aqui na lista? Me conte nos comentários.

Beijos!
30 de janeiro de 2018

[Resenha] Razão e Sensibilidade – Jane Austen


Autora: Jane Austen
Editora: Martin Claret
Tradução: Roberto Leal Ferreira
Ano: 2009
Páginas: 296
Sinopse: “Razão e Sensibilidade conta a história de duas irmãs que, em razão do falecimento do pai, têm de se adaptar a um estilo de vida mais modesto, em meio a uma sociedade inteiramente dirigida pelas aparências. Elinor é a mais prudente, contida e racional. Marianne, passional e sensível, recusa-se a agir como determina a sociedade ou a esconder seus sentimentos. Ambas desafiam preconceitos e lutam pelo amor e pela felicidade numa sociedade em que uma ‘mulher de valor’ deveria se conformar e permitir que sua vida fosse orientada pelas convenções. Publicado pela primeira vez em 1811, este romance de Jane Austen foi, desde então, reeditado e reimpresso em numerosas e diferentes versões. A história foi também adaptada para o cinema – com a irmãs interpretadas por Emma Thompson e Kate Winslet –, para séries de TV e para o teatro”.

Resenha

Certa vez eu estava folheando uma revista e nela falava um pouco sobre a biografia de Jane Austen, foi nesse momento que me encantei pela história da autora e cresceu esse desejo de ler suas produções. Razão e Sensibilidade foi a primeira delas.

Fonte: Luciana Carvalho

Narrado em terceira pessoa, Razão e Sensibilidade conta a história de duas irmãs, Elinor e Marianne Dashwood, que ao ficaram órfãs de pai tiveram que se mudar para uma casa menor com a mãe e a irmã mais nova, enquanto que o irmão mais velho, do primeiro casamento do pai, ficou na residência com a esposa nada simpática. Com a perda da fortuna e do prestígio, as duas passam por muitos altos e baixos, porém tem-se um final feliz, algo bastante recorrente nos romances.

Em alguns momentos é Elinor quem narra o obra, o que nos faz pensar que ambas são protagonistas. Além disso, na narrativa percebe-se o dualismo entre a razão e a sensibilidade que estão caracterizando as jovens, Elinor e Mariannne, respectivamente.

“Elinor, [...] possuía uma força de entendimento e uma frieza de julgamento que a qualificavam, embora tivesse apenas dezenove anos, para ser a conselheira da mãe, [...]. Tinha um excelente coração, um temperamento afetuoso e sentimentos fortes; mas sabia como governa-los” (p. 17-18)

Essa personagem tem uma personalidade linda e isso mostra que não é porque você é jovem que não tem responsabilidade. Isso parte de você, do que você deseja para a sua vida e não da sua idade. Elinor foi, sem dúvidas, a personagem que mais gostei. Já Marianne é movida pelas emoções – talvez por isso tenha sofrido tanto.

“As habilidade de Marianne eram, sob muitos aspectos, bastante semelhantes às de Elinor. Era sensível e inteligente, mas intensa em tudo: suas angústias, suas alegrias não tinham limites. Era generosa, agradável, interessante: era tudo menos prudente.” (p. 18)

No entanto, Marianne foi a personagem que mais apresentou mudanças ao final do romance, acredito eu que algumas situações pela qual passou a fez mudar o comportamento e amadurecer.

Elinor disse:

“ – [...] Se por acaso houvesse uma mulher de vinte e sete anos, solteira, não acho que os trinta e cinco anos do coronel Brandon constituiriam obstáculo para que casasse com ela.

Já Marianne no início do enredo pensa que:

“ – Uma mulher com vinte e sete anos [...] não pode mais esperar senti ou inspirar amor, e se sua casa não for confortável ou se suas posses forem modestas, acho que deva oferecer os serviços de enfermeira, em troca de sustento e segurança de uma esposa. Casar com uma mulher assim, portanto, nada teria de inadequado. Seria um pacto de conveniência, e a sociedade ficaria satisfeita. A meu ver, não seria absolutamente um casamento, não seria nada. Para mim, seria só uma troca comercial, em que cada um pretende lucrar à custa do outro.” (p. 41)

Se em pleno século XXI ainda existe tanto tabu, imagine como era difícil para as mulheres no período em que a obra foi escrita. No trecho abaixo percebe-se a mudança no pensamento de Marianne:

“ – [...] Não é o tempo nem a oportunidade que determinam a intimidade, é só a disposição. Sete anos seriam insuficientes para algumas pessoas se conhecerem, e sete dias são mais que suficientes para outras.” (p. 56)

Outro ponto que me chamou atenção foi o cuidado que mãe e filhas tinham umas com as outras. Por exemplo quando Marianne e sua mãe conversam sobre o futuro de Elinor e um rapaz:

“ – Em alguns meses, minha querida Marianne – disse ela –, Elinor muito provavelmente se terá estabelecido para a vida toda. Vamos sentir saudades; ela, porém, será feliz.” (p. 25)

Isso é algo importante para nós e eu desejo que permaneça em nossas vidas. Desejar a felicidade do outro mesmo que essa pessoa não esteja sempre ao nosso lado.

Já faz um tempo que eu tenho essa edição da Martin Claret e não conseguia tempo para ler. Confesso que muitas vezes compro um livro quando gosto da capa. Já me decepcionei com alguns por esse motivo, a capa era linda, porém o enredo não me encantou. Algum de vocês já passou por isso?

Em relação a minha avaliação da obra, começo falando com um trecho dela própria que diz “[...] Desejar era esperar e esperar era ter a expectativa.” (p. 28). Eu tive essa expectativa, no entanto a obra não me surpreendeu, não prendeu minha atenção como eu imaginava que a faria. Por algumas vezes pensei em desistir da leitura pelo fato de certas descrições serem um tanto longa e eu acabava me perdendo na leitura. Mas a história é linda, a capa condiz com o enredo, a ortografia foi atualizada segundo o Acordo Ortográfico da Língua Portuguesa que passou a vigorar em 2009 e, por isso, a linguagem é de fácil entendimento, visto que é diferente do que era utilizado na época em que a obra foi escrita. Além disso, a autora traz alguns questionamentos e reflexões ao longo do romance. Confira:

“[...]Que têm a ver riqueza ou prestígio com felicidade?” (p. 8)

“Estamos cercados de problemas por todos os lados, e embora fôssemos infelizes por algum tempo, talvez no fim fôssemos mais felizes.” (p. 122)

“[...]Porque quando a mente não quer ser convencida, sempre encontra algo para inspirar-lhe dúvidas [...]” (p. 139)

“Ah, como é fácil falar em controle para aqueles que não têm seus próprios motivos para sofrer!” (p. 148)

“[...]Mas enquanto a imaginação das outras pessoas as levar a fazer julgamentos errados sobre a nossa conduta e a avaliá-la de acordo com aparências superficiais, nossa felicidade estará sempre de algum modo à mercê do acaso.” (p. 195).

“[...]Por mais fascinante que seja a ideia de um único e constante amor e apesar de tudo o que se possa dizer sobre a felicidade de alguém depender completamente de uma pessoa determinada, as coisas não devem ser assim, nem é adequado ou possível que o sejam.” (p. 205 – 206).

Por tudo isso, mesmo com alguns pontos negativos, eu ainda recomendo a leitura.


@__luhcarvalho no Instagram

'/>
Topo